Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Irmã de RC se envolve em colisão em João Pessoa nesta sexta-feira (05)

Uma colisão normal e corriqueira de trânsito que poderia ser resolvida com um acordo simples acabou se transformando em um fato inusitado, nesta sexta-feira (5). Isto pela forma como ocorreu e por uma personagem envolvida. O acidente aconteceu pela manhã, na avenida conhecida por “Três Ruas”, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Um veículo modelo Volkswagen Fox, placa MOA-3911, saiu da rua José Cordeiro da Costa e colidiu na lateral de um Fiat Uno Mille, conduzido pela assistente administrativa Christiane Bianca de Albuquerque, que vinha no sentido correto da via.
Após a colisão, a proprietária do Fox evadiu-se do local. Sem saber como proceder, a proprietária do Fiat Uno ligou para o corretor de seguros, José Augusto Vitório, que a recomendou seguir a provável responsável pelo acidente.Após alguns quilômetros, o corretor se encontrou com a vítima e juntos comunicaram o fato a policiais militares que estavam em uma viatura no trajeto. A partir daí, se iniciou uma verdadeira perseguição em busca do veículo Fox, que terminou sendo interceptado próximo a alça da avenida Beira Rio, na BR-230.

De acordo com José Augusto, a responsável pelo acidente se identificou como Verônica Vieira Coutinho. “O policial militar viu o documento da senhora e perguntou a ela se teria algum parentesco com o governador Ricardo Coutinho (PSB), e ela respondeu que era irmã dele”, explicou.

Ainda segundo o corretor, o policial teria questionado o porquê dela fugir do local do acidente, mas Verônica Coutinho teria afirmado que estava passando por dificuldade financeira e que não teria condições de arcar com o prejuízo material causado à proprietária do Fiat Uno. “Ela disse que estava com dificuldade, que morava em Intermares, mas que tinha se mudado recentemente para o Bancários e que o irmão não ajudava na sua renda”, disse.

Após as explicações, os policiais militares liberaram Verônica Coutinho alegando que não tinha prerrogativa para lavrar o auto de infração de trânsito em uma rodovia federal. A vítima, Christiane Bianca de Albuquerque, foi até a 9ª Delegacia Distrital de João Pessoa, no bairro de Mangabeira, e registrou um boletim de ocorrência.

Ângelo Medeiros com Marcos Wéric
WSCOM Online

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.