Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Veja o perfil completo do farmacêutico Ricardo Coutinho, que tenta reeleição no governo da PB

Natural de João Pessoa, Ricardo Vieira Coutinho tem 52 anos. Filho do casal Coriolano Coutinho e Natércia Vieira, ele é formado em Farmácia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com especialização em Farmácia Hospitalar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pai de dois filhos, Ricardo e Henri Lorenzo, Ricardo é atualmente casado com a jornalista Pâmela Bório. Torce para o Botafogo da Paraíba e é voraz consumidor da cultura paraibana.

Tão logo terminou os estudos conquistou, via concurso público, uma vaga de farmacêutico no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa. O ex-prefeito da Capital paraibana começou na carreira política ainda no movimento estudantil, quando foi presidente do Centro Acadêmico de Farmácia. Foi quando o momento lhe proporcionou a oportunidade de entrar em contato com o movimento sindical.

Ele atuou na presidência do Sindicato dos Farmacêuticos e, em 1990, foi fundador do SindSaúde. Na mesma década, fundou também o Departamento de Saúde da Central Única dos Trabalhadores na Paraíba. Coutinho esteve ainda, por duas vezes, à frente do sindicato dos funcionários da UFPB.

Ricardo Coutinho foi eleito vereador de João Pessoa pelo Partido dos Trabalhadores, por duas vezes, em 1992 e em 1996. Para o segundo mandato, em 96, obteve 6.917 votos, conquistando o primeiro lugar naquela eleição, registrando o maior número de votos até então recebidos por um vereador na Capital.

Em 1998, candidatou-se a deputado estadual, sendo o mais votado em João Pessoa. Em 2002, ainda pelo PT, foi reeleito com o maior número de votos do pleito: 47.912. Na Assembléia Legislativa do Estado da Paraíba, Ricardo Coutinho foi presidente da Comissão de Saúde em dois mandatos.

No início do ano de 2004, sofrendo pressões e embates dentro PT, Ricardo deixa a legenda para se candidatar a prefeito da João Pessoa pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), vencendo as eleições com cerca de 65% dos votos da população pessoense.

Em 2008, ele se candidata à reeleição e, novamente, é conduzido ao cargo de prefeito da Capital paraibana. Neste pleito, ele obteve pouco mais de 262 mil votos, o equivalente a 73,8% do eleitorado.

Em 2010, foi eleito governador da Paraíba com a maior votação da história. Foram 1 milhão, 79 mil e 164 votos.

No primeiro turno das eleições deste ano, como candidato à reeleição pela coligação 'A Força do Trabalho', Ricardo teve 937 mil e 9 votos, o equivalente a 46,05% dos válidos. Ficou em segundo lugar. A diferença entre ele e Cássio foi de 1,39% dos votos válidos, pouco mais de 28,3 mil votos.


Portal Correio

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.