Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Empresário Jorge Paulo Lemann fica US$ 3,2 bilhões mais rico em 2014

O homem mais rico do país é também o brasileiro que mais aumentou o seu
patrimônio em 2014.
Jorge Paulo Lemann, um dos donos da AB Inbev, maior cervejaria do mundo, viu
a sua fortuna crescer US$ 3,2 bilhões neste ano, chegando a US$ 26 bilhões.
Lemann ocupa o 28º lugar na lista de bilionários da Bloomberg, que elenca as 400
maiores fortunas.
Neste ano, esse grupo elevou em US$ 92 bilhões seu patrimônio, que somava US$
4,1 trilhões na segunda (29).

Quem mais ganhou neste ano foi o fundador da chinesa de comércio eletrônico
Alibaba, Jack Ma. No outro extremo, os russos, abatidos pela desvalorização do
rublo e por previsões de recessão, perderam dinheiro.
Sócios de Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira também estão entre os
brasileiros que mais turbinaram os seus ganhos, ao lado de Eduardo Saverin,
cofundador do Facebook.
O trio da AB Inbev, dono do fundo 3G Capital, já comprou a cerveja Budweiser, a
rede de fast food Burger King e o ketchup Heinz, e decidiu neste ano entrar no
ramo de café da manhã.
O primeiro passo foi a aquisição, pelo Burger King, da rede Tim Hortons, uma
cadeia que atua principalmente no Canadá e nos Estados Unidos, por US$ 11,5
bilhões.
A lista da Bloomberg também traz o surgimento de uma família de
multimilionários no Brasil: Joesley, Wesley, Valere, Vanessa e Viviane Batista,
acionistas do frigorífico JBS.
A empresa se tornou a maior produtora de carne do mundo após aquisições de
US$ 17 bilhões. As ações da JBS subiram 28% na Bolsa brasileira neste ano.

PERDAS
O brasileiro que mais perdeu patrimônio em 2014 (o equivalente a US$ 1,4 bilhão)
foi Ermírio Pereira de Moraes, do grupo Votorantim.
Antigos conglomerado do país, o grupo se esforça para manter­se competitivo
apesar das dificuldades da indústria nacional.
Neste ano, a empresa perdeu o seu presidente honorário, Antônio Ermírio de
Moraes, responsável por transformá­la em império econômico internacional.
Eike Batista, que já não estava na lista dos mais ricos, viu sua fortuna encolher
ainda mais. O empresário perdeu US$ 162 milhões em 2014 e possui patrimônio
negativo de US$ 1,3 bilhão.
Em 2012, ele foi considerado o sétimo mais rico do mundo pela revista "Forbes",
com fortuna de US$ 30 bilhões.

Com: Folha de São Paulo

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.