Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Motorista de carro-forte suspeito de participar de assalto é preso na PB

O vigilante de 24 anos apontado como mentor do assalto a um carro-forte em João Pessoa no dia 2 de dezembro foi preso na quarta-feira (10). Segundo informações do delegado titular do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, Thiago Sandes, o suspeito foi preso em uma clínica no bairro de Jaguaribe, na capital paraibana. A prisão aconteceu em cumprimento do mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de João Pessoa.

Segundo a polícia, o homem, funcionário da empresa de transportes de valores proprietária do veículo, simulou um sequestro e ainda forjou estar amarrado a explosivos, que depois foram identificados pelo grupo de Ações Táticas da Polícia Militar como falsos. Durante a ação, o grupo levou todo o dinheiro do carro-forte, que foi encontrado no bairro de Manaíra, Zona Leste de João Pessoa. Os criminosos envolvidos no assalto ao carro-forte foram descobertos em uma operação da Polícia de Pernambuco.

De acordo Thiago Sandes, o suspeito confessou o crime e explicou detalhes sobre o roubo. Ao todo, cinco pessoas teriam participado da ação criminosa. “Segundo o vigilante, os quatro envolvidos já se conheciam e o procuraram para participar do roubo, pela facilidade que ele tinha como funcionário da empresa. No dia 2 de dezembro, a quadrilha esteve bem cedo com o vigilante para uma abordagem que deu a ideia de sequestro e amarrou no corpo dele os supostos artefatos”, detalhou o policial. O dinheiro roubado seria dividido entre o grupo no dia 4, mas a ação conjunta das polícias da Paraíba e de Pernambuco conseguiu recuperar mais de R$ 400 mil em uma casa no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa. O material estava enterrado, juntamente com sete armas de fogo, sendo seis da empresa e ainda uma pistola. Outra parte do dinheiro foi recuperada logo depois no estado vizinho, totalizando a quantia de R$ 816 mil.

O delegado do GOE explicou que mais três pessoas são procuradas pelo envolvimento com o assalto. “O trabalho da polícia da Paraíba agora continua para prender os outros três suspeitos do roubo ao carro forte. Todos os envolvidos no crime já foram identificados”, frisou Thiago Sandes. Relembre o caso

Após funcionários de duas agências bancárias denunciarem à PM que havia um carro com suspeitos rondando as agências no fim da manhã da terça-feira, a polícia intensificou as rondas nos bairros do Bessa e Manaíra, em João Pessoa, e na cidade de Cabedelo. Nas rondas em Manaíra, policiais encontraram um carro forte estacionado na avenida Umbuzeiro, que é residencial, e um dos funcionários da empresa de transporte de valores na calçada.

O funcionário da empresa informou para a polícia que seis malotes com dinheiro e ainda armas e munições dos vigilantes haviam sido levados por quatro assaltantes, em seguida mostrou o que seriam explosivos presos à cintura, que teriam sido amarrados pelos criminosos antes dele sair de casa para o trabalho.

Ele relatou à polícia que trabalha à noite como vigilante em um prédio e pela manhã, quando chegou em casa, no Alto do Mateus, foi abordado por dois ou três veículos na frente de casa. O grupo teriam entrado na casa dele e em seguida o levou até a empresa, onde ele teria entrado os explosivos no corpo sem chamar atenção de ninguém, se uniformizou, pegou o carro e saiu.

"Em seguida ele recebeu uma ligação do pessoal que estava fora para que ele informasse o número do carro que estava, foi repassada essa informação. Então eles se dirigiram ao primeiro banco, em um shopping e aí ele foi orientado a deixar esse local e seguir para Manaíra, onde foi feito todo o transporte e a remoção do dinheiro do veículo", explicou o sargento da PM Cláudio Fernandes.

G1


Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.