Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Cagepa adquire mais 120 mil hidrômetros para combater desperdício de água

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) adquiriu 120 mil novos hidrômetros, que serão instalados em todo o Estado até o primeiro trimestre deste ano. O investimento é de R$ 9,2 milhões. Os equipamentos serão utilizados na instalação de novas ligações e na substituição de hidrômetros que estão danificados ou com mais de cinco anos de uso no Estado.

De acordo com o gerente de Micromedição da Cagepa, Edson Lemos, inicialmente, uma amostra dos hidrômetros passará por testes de aferição no laboratório da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), em Campinas (SP), a partir do dia 28 de janeiro. “Apesar de já saírem atestados e funcionando corretamente da fábrica, os hidrômetros contêm mecanismos internos muito frágeis que podem ser danificados durante o transporte e manuseio dos mesmos. Caso os equipamentos passem nos testes, assinaremos o contrato e solicitaremos a demanda dos hidrômetros para a Paraíba”, explicou. Para garantir o pleno funcionamento dos equipamentos, os hidrômetros passarão ainda por outros testes na Cagepa e devem ser instalados a partir de março deste ano.

Edson Lemos destacou que, nos últimos quatro anos, a Cagepa instalou 313.536 hidrômetros no Estado. Só no ano passado, foram 65.417. Ainda segundo o gerente, a instalação dos novos equipamentos é um importante instrumento para controlar o consumo e combater o desperdício de água no Estado. “Além do caráter educativo e ambiental, a função do hidrômetro tem caráter de postergar os investimentos feitos na área, porque sem medição há muito desperdício. E com desperdício, um percentual alto da população pode ficar sem água, porque uns usufruem sem consciência e outros acabam sendo prejudicados com a falta”, disse.

A instalação e substituição de hidrômetros é uma das 13 ações contidas no plano de contingência elaborado pela Cagepa para estimular o uso racional de água nos 19 municípios e três distritos abastecidos pelo açude Epitácio Pessoa. De acordo com o plano firmado com o Ministério Público em novembro do ano passado, a Cagepa deve adquirir, instalar e substituir hidrômetros parados, quebrados, sem condições de leitura ou com mais de cinco anos instalados na rede para aumentar o índice de hidrometração efetiva das ligações domiciliares e reduzir as perdas não aparentes por ausência ou submedição de hidrômetros.

Secom-Pb

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.