Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Desabamentos após chuvas deixam mortos em Salvador

Doze pessoas morreram após dois deslizamentos de terra atingirem imóveis em Salvador na segunda-feira (27), segundo informações do superintendente da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Álvaro Silveira. Na manhã desta terça-feira (28), por volta das 7h, os Bombeiros confirmaram que foi encontrado mais um corpo, que está sendo retirado dos escombros.

(Correção: Ao ser publicada, esta reportagem errou ao informar que 14 pessoas morreram. A informação havia sido divulgada pela Codesal, que posteriormente corrigiu o número para 12 mortes. O erro foi corrigido às 7h13)
Na Avenida San Martin, oito pessoas morreram, entre elas o adolescente de 16 anos que foi resgatado, e outras quatro ficaram feridas. Até por volta das 7h desta terça-feira, ao menos três pessoas ainda eram procuradas nos destroços, segundo o Corpo de Bombeiros.

Na localidade do "Marotinho", no Bairro de Bom Juá, um outro deslizamento deixou ao menos quatro mortos e três pessoas foram resgatadas com vida para o Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), do dia 1º de abril até esta segunda-feira, Salvador registrou 329,8 milímetros de volume de chuva – 6% acima da média estabelecida para todo o mês. Heráclio Alves, meteorologista do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), afirma que, em abril, o nomal é 300 milímetros de chuva.

O temporal que atingiu Salvador e provocou estragos na cidade começou na madrugada desta segunda-feira. Ruas e avenidas ficaram alagadas e moradores chegaram a utilizar caiaque e prancha de surfe para transitar pelos bairros.

O Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, que fica na região da Cidade Baixa, ficou com as dependências completamente alagadas e pacientes precisaram ser transferidos para outras áreas da unidade. Eventos e aulas foram suspensos por causa do temporal.

Desabamento na San Martin

Segundo informações oficiais do Corpo de Bombeiros, sete pessoas morreram e outras quatro foram socorridas, entre elas um adolescente de 16 anos, na Avenida San Martin, na capital baiana. Equipes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) fizeram o resgate de uma das vítimas na manhã desta segunda. Os feridos foram levados para uma unidade de saúde da cidade.

Não há detalhes sobre o estado de saúde nem a identificação dos feridos que foram socorridos. Segundo a Polícia Militar, a criança que morreu no desabamento era um garoto de 12 anos.

Em coletiva na tarde desta segunda-feira, o prefeito ACM Neto informou que sete residências que ficam no entorno do local onde ocorreu o desmoronamento correm risco de desabar. Segundo ele, as seis famílias que moram no local serão retiradas e levadas para abrigos.

Bom Juá

Sete pessoas morreram após um deslizamento de terra atingir um barranco em uma localidade conhecida como "Marotinho", no bairro de Bom Juá, informou a Secretaria de Saúde de Salvador.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), duas vítimas chegaram a ser levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Outras três pessoas foram resgatadas com vida e também levadas para o HGE. Destas, uma teve alta médica e outras duas permanecem internadas com estado de saúde estável, informou a Sesab.

Segundo o prefeito ACM Neto, as residências situadas no entorno do bairro não foram afetadas e não correm o risco de desabar.

Hospital alagado

O Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, na Cidade Baixa, em Salvador, ficou com as dependências completamente alagadas.

Segundo informações da unidade de saúde, três enfermarias ficaram inundadas e pacientes estão sendo transferidos para outras áreas do próprio hospital. A assessoria ainda divulgou que há possibilidade dos pacientes serem levados para outra unidade de saúde. Ainda por causa da chuva, o ambulatório do Hospital Santo Antônio está fechado nesta segunda-feira.

Temporal

A forte chuva que atinge Salvador desde a madrugada desta segunda-feira deixou diversas ruas e avenidas alagadas. Segundo informações da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador), motoristas devem redobrar o cuidado ao trafegar pelas principais vias da cidade.

De acordo com o último boletim da Defesa Civil de Salvador (Codesal), foram recebidas 71 ocorrências até as 11h41.

Foram registrados um alagamento de área, sete alagamentos de imóvel, três ameaças de desabamento de imóvel, duas ameaças de deslizamento de terra, uma árvore caída, três desabamentos de imóvel, oito desabamentos de muro, oito desabamentos parciais e 38 deslizamentos de terra.

De acordo com o Transalvador, as Avenidas Bonocô e ACM, nos dois sentidos; Octávio Mangabeira, sentido Pituba; Paralela, sentido centro da cidade; e San Martin têm trânsito complicado desde o início da manhã.

As regiões do Largo do Retiro e bairro do Rio Vermelho, sentido Ondina, estão completamente alagadas. Em um condomínio no bairro do Stiep, carros estão sendo cobertos pela água e pedestres têm dificuldade para transitar na região.

De acordo com a Transalvador, na Avenida Juracy Magalhães, o córrego da região já atingiu o limite e corre risco de transbordar. Nas Avenidas Orlando Gomes, sentido Paralela, Barros Reiras, e nos bairros do IAPI, Boca do Rio, sentido orla, assim como na região do Dique do Tororó, onde fica a Arena Fonte Nova, as ruas já estão alagadas. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo deve permanecer nublado com pancadas de chuva. A temperatura deve variar entre 23ºC a 28ºC.

Cidade Baixa

Diversas ruas na região da Cidade Baixa estão alagadas nesta segunda-feira. Na rua Doutor Adroaldo Soares de Albergaria, um morador usou um caiaque para transitar pelo local.

Segundo Daniel Valverde, 22 anos, que registrou a imagem, o vizinho alegou que saiu com o caiaque para ajudar quem estava tentando salvar os pertences em meio ao alagamento. Ainda na Cidade Baixa, nos bairros da Calçada, Comércio, na rua Manoel Barros de Azevedo, no Uruguai, e rua Machado Monteiro, no Caminho de Areia, a situação também é complicada por causa da chuva que atinge a cidade desde a madrugada.

Na rua Manoel Barros de Azevedo, em Caminho de Areia, um morador usou uma prancha de surfe para circular pelo local. O registro foi feito por volta das 6h30 desta segunda. Segundo relatos da moradora Edilmara Fernandes, as pistas amanheceram alagadas por causa do temporal que atinge a capital baiana.

Eventos e aulas cancelados

Alguns eventos e atividades em Salvador foram cancelados nesta segunda-feira (27) por causa da chuva. Escolas municipais suspenderam as aulas e o expediente no Tribunal Regional do Trabalho também foi suspenso. O concurso que o Detran iria lançar nesta segunda-feira foi adiado. A agenda do governador Rui Costa também foi cancelada.


G1

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Desabamentos após chuvas deixam mortos em Salvador"

Deixe um comentário!

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.