Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Ação Social pela Música abre lista de espera em João Pessoa

Quando a música consegue cumprir um papel de inclusão social, ela oferece um “glissando” que vai além das técnicas musicais. É o que acontece com dezenas de crianças e adolescentes no Alto do Mateus. Lá, a Prefeitura de João Pessoa, através de sua Fundação Cultural (Funjope), realiza o projeto Ação Social pela Música do Brasil. São quase 100 jovens, entre seis e 16 anos de idade, que têm aulas diárias de música clássica. Cada aprendizado musical representa, claro, uma suave passagem de nível na vida dos estudantes. As aulas do ano letivo de 2016 já foram reiniciadas e as inscrições de novos alunos para lista de espera estão abertas.

Inspirado no El Sistema (modelo didático-musical criado na Venezuela), o projeto Ação Social pela Música do Brasil foi instalado há apenas seis meses no bairro do Alto do Mateus. Conforme Hector Rossi, diretor-artístico do projeto, em um pequeno período de existência, o ASMB já apresenta grandes avanços. Não à toa, as crianças participaram – como atrações – do III Festival Internacional de Música Clássica, no final do ano passado, e conquistaram elogios de músicos internacionais.


Com aulas de segunda-feira a sexta-feira, sempre das 13h às 17h, os alunos contam com professores de violino, viola, violoncelo e contrabaixo. Eles recebem aulas, ainda, de solfejo e teoria musical. Também há professores de reforço escolar nas áreas de matemática e português. Para se matricular, os jovens precisam estar devidamente matriculados em escolas de ensino fundamental ou ensino médio, apresentando pelo menos 90% de assiduidade às aulas em seus respectivos colégios.

O projeto Ação Social pela Música do Brasil é patrocinado pela Petrobras e tem execução da Prefeitura Municipal de João Pessoa, através de sua Fundação Cultural (Funjope). “Em 2013, o prefeito Luciano Cartaxo viu um projeto no Rio de Janeiro. E na volta a João Pessoa, disse que a Funjope precisava colocar em prática aquele projeto”, contou Rossi. A ASMB está há 20 anos no Brasil e tem atualmente 10 núcleos no País, inclusive em comunidades pacificadas do Rio de Janeiro (RJ), Petrópolis (RJ), Piraí (RJ), Ji-Paraná (RO) e João Pessoa (PB).

Desde que foi criado, em 1975, pelo economista e instrumentista José Antonio de Abreu, o El Sistema fundou núcleos em 42 países e formou centenas de milhares de alunos provenientes de comunidades carentes espalhadas pelo mundo, reabilitando-os pela música. Serve de modelo para o projeto ASMB, criado oficialmente em João Pessoa no final de agosto do ano passado. Na Capital, o projeto funciona no Centro de Formação Diácono João Batista. Além de Hector Rossi como diretor artístico, tem Samuel Espinoza como coordenador do núcleo.

Mais-PB

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Ação Social pela Música abre lista de espera em João Pessoa"

Deixe um comentário!

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.