Araruna e região se liga aqui! - www.ivanfilmagempb.com
Publicado em:

Após tentar golpe pelo OLX guarda se passa por PM intimidar vítima

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa – DDF, prendeu, na manhã desta terça-feira (19), Kleber Renato Barbosa Medeiros, 34 anos, em sua residência, situada em Cruz das Armas. Ele é guarda municipal na cidade de Bayeux e foi preso como suspeito de negociar um veículo Kia Sportage, pelo site de anúncios OLX, no valor de R$ 40 mil, recebendo parte do valor negociado e informando posteriormente que desejava rescindir a negociação. A vítima, então, pediu que os valores pagos fossem devolvidos.

De acordo com o delegado de Defraudações, Lucas Sá, Kleber fez um depósito bancário em branco, simulando a devolução dos valores, objetivando convencer a vítima a devolver o veículo negociado, o que não surtiu efeito, pois a vítima percebeu que o depósito era falso. O suspeito, então, passou a informar que seria policial militar, chegando a utilizar o fardamento em algumas ocasiões e que seu irmão Klauber Rossandro seria bombeiro militar da Paraíba e que os dois seriam pessoas de confiança e influência na Polícia Militar e que trabalhariam lotados na Secretaria de Administração Estadual, interessados no seguimento da negociação, marcando de entregar a documentação do veículo no estacionamento de um supermercado no bairro do Bessa, em João Pessoa.


Acusado fez depósito em branco, mas a vítima desconfiou do golpe (fogo: divulgação Polícia Civil)
A vítima compareceu no horário marcado, estacionou o veículo e entrou no supermercado à procura dos irmãos. No entanto, os suspeitos estavam observando toda a movimentação da vítima e subtraíram o veículo utilizando a chave reserva, retornando ao local em poucos minutos, após esconderem o veículo subtraído, fardados de policial e bombeiro militar, ocasião na qual passaram a intimidar e ameaçar de morte a vítima, objetivando garantir que ficariam na posse do veículo e que não sofreriam nenhuma investigação posterior.

Segundo a autoridade policial, além dos valores obtidos de maneira criminosa e da subtração do veículo negociado e de pertences pessoais da vítima que estavam no interior do veículo, os suspeitos passaram a fazer postagens no Facebook, informando que a vítima seria um estelionatário e oferecendo recompensa financeira a quem “entregasse a vítima a eles vivo ou morto”, e passaram a monitorar a residência da vítima diariamente, em um veículo Fiat Uno Mille, cor prata, o que fez com que toda a família da vítima se desesperasse e resolvesse procurar a polícia para noticiar as fraudes e ameaças de morte praticadas e pedir providências em razão das intimidações feitas.


Pistola e farda da Policia Militar foram apreendidas com acusados (Foto: divulgação Polícia Civil)

A DDF conseguiu confirmar que os suspeitos não fazem parte dos quadros da Polícia Militar da Paraíba e obter os elementos de informação necessários para a localização e prisão em flagrante do suspeito Kleber, o que foi feito na manhã desta terça-feira. A polícia ainda localizou na sua residência o veículo Uno Mille utilizado nas intimidações feitas na residência da vítima. Kleber Renato é faixa preta em jiu jitsu e utiliza de seu porte físico e instrução marcial para intimidar suas vítimas, existindo informações de que teria negociado outros veículos de maneira fraudulenta. Em sua residência foram encontradas e apreendidas duas fardas da Polícia Militar, sendo uma farda do Batalhão de Choque e outra do Bope, com a identificação de Kleber e um simulacro de pistola 9mm, utilizadas pelo suspeito em suas negociações e intimidações. O outro suspeito Klauber, irmão de Kleber, conseguiu fugir e se apresentou posteriormente acompanhado de advogados, sendo interrogado e liberado para responder pelos fatos em liberdade. No entanto, por causa de tudo o que foi investigado, será representado pela decretação de sua prisão preventiva, em face da intimidação feita às vítimas.
“Em razão das condutas criminosas observadas, Kleber Renato foi preso em flagrante pelos crimes de estelionato, ameaça, calúnia e utilização indevida de sinal público (fardamento da PM), podendo ser condenado a mais de 13 anos de reclusão. Seu irmão e também suspeito Rossandro responderá criminalmente pelos mesmos crimes. A DDF dará seguimento às investigações objetivando descobrir a maneira pela qual os suspeitos tiveram acesso aos fardamentos, se contaram com o auxílio de outras pessoas e se mais vítimas foram lesadas. Quaisquer denúncias poderão ser encaminhadas à autoridade policial por meio do Disque Denúncia da Polícia Civil – 197 ”, finalizou Lucas Sá.

MaisPB

Por: Ivan Filmagem
how to make gifs
Share to Facebook Share to Twitter Share to LinkedinStumble It Share to Google Buzz Mais...

veja também

0 comentários em: "Após tentar golpe pelo OLX guarda se passa por PM intimidar vítima"

Deixe um comentário!

Publicidades:
Publicidade Publicidade

Últimas Notícias

Comentário

wwww.ivanfilmagempb.com - Todos os direitos reservados.