Notícias:
latest

728x90

468x60

Morre no Hospital de Trauma agente de trânsito atropelado durante blitz da Lei Seca em JP

O agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza, de 34 anos, não resistiu à gravidade dos ferimentos que sofreu e faleceu no início da noite deste domingo (22) no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde estava internado desde a madrugada do sábado (21), quando foi atropelado pelo empresário Rodolpho Carlos da Silva, que dirigia um carro de luxo e fugiu de uma blitz.

A direção da unidade hospitalar explicou, em nota, que o início da noite, foram realizados novos exames, que mostraram não mais haver fluxo cerebral, confirmando-se o óbito do agente de trânsito. A nota é assinada pela diretora geral do hospital, Sabrina Bernardes.

Amigos de Diogo Nascimento estão reunidos na frente do Hospital de Trauma. Na manhã desta segunda-feira (23) agentes de trânsito farão um protesto em frente ao Tribunal de Justiça da Paraíba cobrando a revogação de um habeas corpus concedido pelo desembargador Joás de Brito que garantiu liberdade a Rodolpho Carlos, suspeito de atropelar e matar o agente.

“Só vamos parar quando esse homicida for preso”, disse o chefe da Divisão de Policiamento de Trânsito do Detran, capitão Rosenstock.
Familiares e amigos da vítima estão no hospital (Foto: Albemar Santos/MaisPB)
Familiares e amigos da vítima estão no hospital (Foto: Albemar Santos/MaisPB)
Veja a nota:

NOTA
O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, informa que o paciente Diogo Nascimento de Souza, vítima de atropelamento, veio a óbito às 18 horas deste domingo (22). No início da noite, foram realizados novos exames, que mostraram não mais haver fluxo cerebral, confirmando-se, portanto, o óbito do paciente.
O hospital informa também que comunicou aos familiares no início da noite e vem prestando assistência aos mesmo

Sabrina Bernardes
diretora Geral Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena

MaisPB
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário