Notícias:
latest

728x90

468x60

Delegado é preso na Capital suspeito de adulteração de veículo e desvio de dinheiro

O delegado José Guedes Sobrinho foi preso em flagrante na Capital, suspeito de desvio de dinheiro e adulteração de identificação de veículo. A detenção foi confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba, na tarde deste domingo (12). Sobrinho atuava como plantonista da Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, na Zona Sul de João Pessoa, e foi detido na tarde desse sábado (11).

Segundo documento de registro da ocorrência disponibilizado à redação do Portal Correio pela Secretaria de Segurança, assinado pelo delegado Leonardo Romero Ramos Formiga, que fez a autuação, foi lavrado o ato de prisão em flagrante e duas testemunhas depuseram contra o delegado José Guedes Sobrinho.

Os delitos pelos quais o delegado é suspeito estão previstos nos artigos 311, parágrafo 1º, e 312 do Código Penal Brasileiro:

Art. 311 - Adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo automotor, de seu componente ou equipamento:

Pena - reclusão, de três a seis anos, e multa.

Parágrafo 1º - Se o agente comete o crime no exercício da função pública ou em razão dela, a pena é aumentada de um terço.

Art. 312 - Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio:

Pena - reclusão, de dois a doze anos, e multa.


A Secretaria de Segurança deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso e como se dará o processo contra o delegado nesta segunda-feira (13).

Portal Correio 
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário