Notícias:
latest

728x90

468x60

Paraíba fica fora do Plano Nacional de Segurança do Ministério da Justiça

As cidades de Natal (RN), Aracaju (SE) e Porto Alegre (RS) foram as capitais escolhidas para início da implantação do Plano Nacional de Segurança, do Ministério da Justiça e Cidadania. A Paraíba ficou de fora, mesmo fechando 2016 com 33,1 homicídios por 100 mil habitantes.

A partir do dia 15 de fevereiro, uma série de ações integradas entre o governo federal e o governo do Rio Grande do Norte começarão a acontecer no combate à criminalidade em Natal.

O foco será na redução de homicídios dolosos, feminicídio e violência contra a mulher, além da modernização do sistema penitenciário e combate à criminalidade organizada transnacional.

Como uma das principais ações do Plano, está a montagem do Núcleo de Inteligência, que unirá as áreas de inteligência das polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar e Civil e as áreas de inteligência penitenciária federal e estadual.

Um mapa atualizado em tempo real marcará as áreas de incidência de crimes e outras informações, possibilitando a realização de operações específicas no combate à criminalidade.

De acordo com o levantamento da Secretaria de Segurança da Paraíba, durante 12 meses de 2016 foram contabilizados 1.322 casos de crimes violentos letais intencionais - CVLI (homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte), enquanto que em 2015 foram registradas 1.502 ocorrências do tipo.

Portal Correio 
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário