Notícias:
latest

728x90

468x60

Acusado de tentar matar delegado em Uiraúna é condenado a 13 anos de prisão

Foi condenado a 13 anos de prisão, nesta terça-feira (7), o comerciante e ex-vereador de Uiraúna Ivamar de Paiva Barreto, acusado de tentativa de homicídio qualificado contra o delegado Leonardo Machado, que vive em estado vegetativo após o crime.
A decisão foi tomada em julgamento que aconteceu no Fórum Affonso Campos, em Campina Grande. A defesa do réu informou que irá recorrer da decisão.

Antes do julgamento, delegados da Polícia Civil realizaram um ato em protesto ao crime e pedindo justiça.
Relembre o caso
Segundo a promotora, o crime ocorreu depois que o réu e a vítima se esbarraram em uma fila de um estabelecimento, na cidade de Uiraúna. “No estabelecimento havia dois caixas. O réu estava sendo atendido em um deles, quando o outro caixa ficou livre e chegou a vez do delegado. No momento em que a vítima se aproximou eles acabaram esbarrando um no ombro do outro. Depois disso, o réu saiu e ficou esperando a vítima sair. Quando o delegado estava se aproximando do carro dele, o réu o chamou e atirou duas vezes. Um dos tiros atingiu a cabeça e o outro o tórax da vítima”, disse a promotora.

Leonardo Machado estava acompanhado da mãe e dos dois filhos, no momento do crime. De acordo familiares, ele respira hoje com a ajuda de aparelhos e se alimenta por gastrostomia. “Ele também tem ataques de epilepsia. Abre os olhos, mas a única resposta dele são lágrimas”, conta a irmã do delegado, Candice Machado.


ACUSADO                     VITIMA

uirauna.net
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário