Notícias:
latest

728x90

468x60

Em 'inauguração' da Transposição, Dilma e Lula reivindicam autoria e criticam postura de Temer

Este domingo (19) foi de festa na cidade de Monteiro, na Paraíba, para a chegada dos ex-presidentes petistas Lula e Dilma e para a "inauguração" do Eixo Leste da Transposição do São Francisco. Os paraibanos foram às ruas e também se banharam nas águas do rio. A visita foi organizada pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB).

O socialista recebeu os ex-presidentes e lembrou do processo de impeachment de Dilma. "Eu aprendi a ter lado. Tenho coragem e não titubeei em nenhum momento em ficar ao lado da democracia", disse Ricardo Coutinho. E completou: "A transposição é um golpe no coronelismo. Nós estamos derrotando o coronelismo em todo Nordeste, como derrotamos na Paraíba. Tem gente que era contra a obra e hoje tira foto com a cara mais safadinha do mundo dizendo que também é pai da obra".

O Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco tem 217 quilômetros de extensão. O evento deste domingo começou em uma carreata saindo de Campina Grande até Monteiro. A ex-presidente Dilma ressaltou que este trecho da obra já estava praticamente finalizada quando ela foi impichada do governo federal.

"Estou muito orgulhosa de ver a água chegando a Monteiro. Eu lutei muito por isso junto com o Lula. Esses que deram um golpe baseado em uma mentira agora querem tirar os direitos conquistados nos nossos governos. A cara de pau que eles têm de falar que fizeram essa obra é a mesma cara de pau de quem fez um impeachment sem crime de responsabilidade. Essa é uma obra que estava praticamente concluída quando eu saí do governo", declarou Dilma.

Lula, Dilma e Ricardo Coutinho estiveram em Monteiro acompanhados de vários outros políticos, como o senador Humberto Costa (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e a deputada federal Luciana Santos (PCdoB).

O senador Humberto Costa também criticou a postura de Michel Temer em visitar a obra no dia 10 deste mês de março e não citar a participação dos ex-presidentes. "O povo sabe e é por isso que está aqui. Esse governo golpista veio na semana passada com uma comitiva de parlamentares de partidos como o PMDB, o PSDB, o DEM e o PPS, que sempre foram contra a obra. É muita cara de pau de Temer", falou o líder da Oposição no senado.

Lula reivindicou a autoria da obra da Transposição do São Francisco. "Eu tive que brigar com muita gente para fazer essa obra acontecer. Desde Dom Pedro I que se fala em fazer a Transposição. Mas nunca prometi, como outros fizeram. Acabou essa história de que o Nordeste é um lugar ruim", falou. O ex-presidente ainda falou sobre a possibilidade de se eleger em 2018. "Peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é para ganhar", declarou.

O petista ainda disparou críticas contra o projeto da reforma da Previdência, da gestão de Michel Temer. "Esse governo que está aí, que não deveria estar, não tem noção do significado da aposentaria para o povo. Esse país provou ao mundo que pode ser grande. Nunca fomos tão respeitados. Hoje, quem viaja tem vergonha de ser brasileiro por causa do golpe", falou Lula.

folhape
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário