Publicidade

how to make gifs

Paraibana sobrevive a ‘surra’ mas arranca empate no último round

A guerra de provocações entre a paraibana de Campina Grande Bethe Correia e Marion Reneau terminou sem uma vencedora.

A peso-galo brasileira começou melhor contra a americana de 39 anos que chamou de “vovó” durante a pré-luta, mas foi a lutadora seis anos mais velha quem mostrou mais fôlego.

“Pitbull” sofreu uma surra no último round, escapou por pouco de ser nocauteada e terminou o UFC Fortaleza com um empate por decisão majoritária (29-27 Reneau, 28-28 e 28-28) neste sábado, no Centro de Formação Olímpica (CFO).

Reneau não perdeu tempo em levar a luta até Bethe, com um chute frontal e um chute na linha de cintura. A brasileira jogava no contragolpe, aguardando o ataque da americana para jogar seus diretos e cruzados. Quando os chutes na linha de cintura começaram a incomodar, Bethe tentou clinchar e pressionar a adversária contra a grade. Reneau conseguiu se desvencilhar, mas a brasileira começou a encontrar a distância para seus cruzados. Nos segundos finais, Bethe surpreendeu ao derrubar a americana com uma rasteira. Dois dos juízes viram vitória da brasileira no período, e um deles deu o assalto para a visitante.

Bethe voltou ainda melhor no segundo round. Suas combinações encontravam constantemente o rosto de Reneau, que estava mais lenta nas entradas de queda. Aos poucos, a brasileira ia minando a resistência da americana com cruzados, uppers e ganchos no corpo. Ela levou a luta ao solo após catar mais um chute da adversária. Dentro da guarda da americana, porém, mais se defendeu do que golpeou. Reneau mostrou uma guarda agressiva e ameaçou pegá-la numa chave de braço. A paraibana escapou e terminou o round batendo na cabeça e no corpo.

Quando a brasileira parecia melhor na luta, um chute alto de direita de Reneau a abalou no início do terceiro e último assalto. Bethe cambaleou, e apelou a uma entrada telegrafada nas pernas da americana. Reneau defendeu e jogou marretadas na adversária, até colocar suas costas no chão. Ela facilmente passou à montada e golpeou a cabeça com socos e cotoveladas.

Bethe mostrou espírito de guerreira, saiu da montada e foi reconhecida pelo público, que passou a gritar seu nome em apoio. Reneau, contudo, frustrou todas suas tentativas de reação, pegou suas costas e buscou o mata-leão. A brasileira resistiu bravamente até o final e foi ovacionada pelo público. Ela ainda se levantou e fez sua tradicional dança no centro do octógono, para delírio dos fãs. Com o anúncio do empate, as duas lutadoras se abraçaram, colocando fim à rixa.

MaisPB com Nocaute
Paraibana sobrevive a ‘surra’ mas arranca empate no último round Paraibana sobrevive a ‘surra’ mas arranca empate no último round Reviewed by G7Paraiba Noticias on 09:35 Rating: 5

Publicidade

how to make gifs