Publicidade

how to make gifs

Preso no Rio de Janeiro suspeito de matar escrivão da polícia na Paraíba

A Delegacia de Crimes Contra Pessoa (Homicídios) de João Pessoa prendeu, na tarde desta quinta-feira (30), o principal suspeito de assassinar o escrivão da Polícia Civil, Waldir Ponce Di Leon. Marcelo Ramos Alves, 33 anos, foi preso no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no estado do Rio Janeiro. A ação, coordenada pelo delegado Reinaldo Nóbrega, contou com o apoio de policiais civis da Paraíba e do Rio de Janeiro.

O delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, João Alves, informou que Marcelo Ramos Alves foi preso em um restaurante. Durante depoimento prestado na Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, ele confessou ser o autor do disparo que matou o escrivão Ponce Di Leon. Os policiais paraibanos continuam no Rio de Janeiro aguardando a liberação da Justiça para a transferência do preso para a cidade de João Pessoa. Ele deve chegar à Paraíba em um vôo comercial, mas ainda não há previsão do dia da viagem. As informações sobre a investigação que levou a polícia até o suspeito e os detalhes da prisão de Marcelo Ramos Alves serão repassadas para a imprensa durante uma entrevista coletiva.

O crime

O escrivão da Polícia Civil da Paraíba, Ponce Di Leon, foi assassinado na noite do dia 21 de maio de 2016, no bairro do Valentina de Figueiredo, na zona sul de João Pessoa. Segundo testemunhas, o escrivão estava em uma moto e teria se envolvido em uma discussão de trânsito com o motorista de um veículo que teria sacado uma arma e efetuado vários disparos contra o policial, que morreu no local.

A Polícia Civil chegou a fazer uma campanha para localizar o suspeito do assassinato.
Foto: Polícia fez campanha para localizar suspeito
Créditos: Divulgação

Portal Correio
Preso no Rio de Janeiro suspeito de matar escrivão da polícia na Paraíba Preso no Rio de Janeiro suspeito de matar escrivão da polícia na Paraíba Reviewed by G7Paraiba Noticias on 21:13 Rating: 5

Publicidade

how to make gifs