Notícias:
latest

728x90

468x60

Motorista e estagiário são detidos com carga roubada avaliada em R$ 730 mil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um caminhão roubado e uma carga de cosméticos que fora roubada na noite dessa sexta-feira (07). A ação ocorreu na tarde de hoje desse sábado (08) depois que a Secretaria de Estado da Receita da Paraíba (SER) solicitou a presença de uma equipe da PRF no posto fiscal de Alcantil, que fica na BR 104, no Agreste do Estado. Os fiscais da SER desconfiaram da atitude do motorista de um caminhão durante a fiscalização da carga e de um homem que apresentou-se como advogado do proprietário das mercadorias.

Os policiais rodoviários federais chegaram ao posto da Receita Estadual em Alcantil para averiguar o caminhão, a carga e checar as informações do motorista e do suposto advogado. No entanto, os agentes foram informados pelos fiscais da SER que a dupla havia fugido do local e que a carga não correspondia ao que estava declarado na nota fiscal. Os fiscais da SER disseram ainda aos policiais que o motorista estava muito nervoso e que, quando perguntaram ao mesmo onde ele havia embarcado a mercadoria, o mesmo não respondeu, dizendo que se falasse poderia ser morto. O outro homem, que na verdade era estagiário, e não advogado, também não disse para quem trabalhava.

Quando os PRFs tiveram acesso ao caminhão e carga, logo descobriram que tratava-se de uma ocorrência de crime, pois o veículo tinha queixa de roubo. O caminhão, da marca Volvo, era de São Paulo, mas a placa era de Pernambuco. Já a carga, os agentes da PRF descobriram que a mesma havia sido roubada. Ela estava sendo transportada em um outro caminhão, que foi tomado de assalto na BR 101, no município do Conde. Os produtos recuperados são todos da marca Jonhson & Jonhson e estão avaliados em cerca de R$ 730 mil reais. Apenas uma parte da carga roubada estava no caminhão que foi apreendido pela PRF.

A ocorrência foi repassada para a Polícia Civil, que dará continuidade às investigações.

MaisPB com Assessoria PRF
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário