Publicidade

how to make gifs

Vítimas do golpe da passagem, atletas fazem campanha

A oferta era boa: duas passagens de ida e volta para o Rio de Janeiro por R$ 900 e a garantia de participar de uma competição nacional de Jiu-jitsu. No entanto, ao tentar fazer check-in o vendedor Renato Salles descobriu ter sido vítima de um golpe que já atingiu pelo menos 20 consumidores somente em João Pessoa.

As passagens garantiriam a participação das duas filhas do vendedor, as atletas Maria Eduarda Salles e Renata Salles, em competições de Jiu-jitsu: Campeonato Sul Americano, no Rio de Janeiro, no sábado (15) e domingo (16) e o Curitiba Winter Internacional, no Paraná.

Vítima de estelionato, a família iniciou então uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro e comprar novas passagens. Apesar do iminente risco das lutadoras não participarem da competição, nenhum representante da Secretaria de Esportes do Estado ou Município ofereceu auxíliou ou entrou em contato com a família.

As passagens de ida e volta para o Rio de Janeiro foram adquiridas por R$ 900, já para Curitiba, Renato Salles desembolsou R$ 600. Somando com passagens adquiridas para outros destinos, o golpe aplicado chega ao valor total de R$ 3.376.

“A gente sempre compra passagens através de milhas e sempre deu certo. As coisas já são difíceis para os atletas paraibanos e ainda tem pessoas que complicam a situação da gente, mas fé em Deus que vai dar certo”, afirmou Renato Salles.

A compra de passagens com milhas era feita frequentemente pelo vendedor através de um grupo no Facebook. Ele explica que não chegou a desconfiar da venda pelo fato do preço ser semelhante ao praticado anteriormente. Ao tentar fazer check in ele foi informado que as passagens tinham sido canceladas por um problema no cartão.

“Infelizmente esse rapaz entrou em contato comigo a primeira vez, eu não comprei, mas entrei em contato com ele desta vez. Após falar com a companhia aérea eu mandei uma mensagem para ele, que me disse que eu tinha sido vítima de um golpe e que gastaria meu dinheiro com farra”, explicou.

Quem quiser auxiliar a família pode contribuir com doações:

Banco do Brasil

Agência: 3501-7

Conta 50.150-6

CNPJ 12552562/0001-27

Pessoa jurídica: Luis Renato Tavares de Sales

Golpe da passagem aérea fez 20 vítimas em João Pessoa


A Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa possui duas investigações em andamento sobre o golpe da passagem aérea. Ao todo, cerca de 20 pessoas já procuraram a Polícia Civil para relatar que foram alvo de estelionato.

O delegado titular, Lucas Sá, explicou ao Portal MaisPB que o golpe normalmente ocorre por meio do Facebook ou mensagens de WhatsApp. “Em muitos casos a própria vítima acaba contribuindo para que a fraude ocorra. O que a gente recomenda é sempre desconfiar destas promessas e preços vantajosos e só passar algum valor com algum documento por inscrito, documentos pessoais, endereço e contrato de prestação de serviços”, alertou o delegado.

Em relação às investigações que estão sendo feitas, Lucas Sá explicou que acredita que o suspeito já está identificado, mas o fato de residir em outro estado dificulta sua prisão.

Sem auxílio financeiro do Poder Público

O secretário de Esportes do Estado, Bruno Roberto, explicou ao Portal MaisPB que problemas com um fornecedor inviabilizam a concessão de passagens aéreas para os atletas paraibanos e que a Secretaria não desembolsa valores para custear o deslocamento. Porém, ele garantiu que a Secretaria tentaria de alguma forma auxiliar na campanha feita pela família. O Portal MaisPB entrou em contato com o secretário de Esportes de João Pessoa, Guto Clerot, mas as ligações não foram atendidas.

MaisPB
Vítimas do golpe da passagem, atletas fazem campanha Vítimas do golpe da passagem, atletas fazem campanha Reviewed by Ivan Filmagem Filmagem on 08:49 Rating: 5

Publicidade

how to make gifs