Menino Guilherme segue desaparecido após dois meses

O menino, de 7 anos e o quinto de seis irmãos, segue desaparecido. O sumiço já dura dois meses e a família busca respostas, que não vêm nem dos vizinhos nem da Polícia Civil, que investiga o caso. A mãe da criança, Valdenice Marinho, disse que testemunhas chegaram a ver o rapto do menino, mas que até agora nenhum suspeito foi encontrado.

“Depois de 14 dias do desaparecimento do meu filho, veio um vizinho dizer que viu uma pessoa levá-lo, mas que não tinha visto o rosto porque a pessoa tava de chapéu. Informamos isso à polícia, mas não sabemos se ela interrogou alguém”, disse a mãe.

Valdenice Marinho criticou o silêncio dos investigadores sobre o caso. “Ninguém nos diz nada. São dois meses sem saber onde meu filho está dormindo, onde está acordando, se está comendo. É uma criança de 7 anos de idade e ninguém sabe onde ele está. Procuramos a polícia, mas eles não dizem nada. Vivemos todo dia essa angústia, sem qualquer sinal dele”, disse.

Na página de pessoas desaparecidas administrada pelo Governo do Estado (http://www.desaparecidos.pb.gov.br), que poderia ser uma das ferramentas de divulgação dos desaparecidos, não há qualquer menção ao menino Guilherme. Consta somente a imagem de uma pessoa desaparecida em 2012.

*Com Beto Pessoa, do Jornal Correio da Paraíba

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Redes