ARARUNA

Uso de celular ao volante causou mais de 400 autuações na Capital

O uso do celular ao volante já aparece como uma das infrações mais cometidas por motoristas da Capital. Em 2018, os agentes da Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) flagraram cerca de 400 infrações como esta por mês. Para sensibilizar a população sobre os perigos dessa prática, a Semob-JP traz o tema na abertura do calendário de ações alusivas ao Dia Municipal da Paz no Trânsito, comemorado na próxima quinta-feira (24).

A primeira atividade da programação acontece às 16h desta segunda-feira (21). A equipe da Divisão de Educação para o Trânsito (Died) estará no cruzamento das avenidas Epitácio Pessoa e Bento da Gama em ação de conscientização junto aos motoristas. Os agentes farão abordagens educativas e entregarão panfletos informativos.

De acordo com o superintendente municipal de Mobilidade Urbana, Adalberto Araújo, esta é uma tentativa de chamar a atenção das pessoas para o problema. “Os condutores precisam entender que utilizar o celular no trânsito coloca sua vida e a de outras pessoas em risco. Nossa campanha tem como missão trazer a mensagem de que a urgência maior é a segurança no trânsito, qualquer chamada ou mensagem pode esperar”, afirmou.

Dirigindo às cegas – De acordo com estudos da área, o celular está entre as principais distrações ao volante, fazendo com que os motoristas avancem até 42 metros completamente às cegas. A pesquisa, realizada pelo Instituto de Trânsito dos Estados Unidos, indica que o condutor gasta entre 2 e 2,5 segundos em ações como ler ou escrever mensagens de texto ou digitar números de telefone. Se estiver a uma velocidade de 60 km/h, ele vai dirigir de 34 a 42 metros sem ver o que está a sua frente.

A chefe da Died, Gilmara Branquinho, explica que o tema está no centro da Campanha pela importância que ganhou na dinâmica do trânsito. “Percebemos que as pessoas não reconhecem o perigo de dirigir utilizando o celular e elas precisam entender que ele é real”, afirmou.

Ela destaca, ainda, que o fato de estar parado em um sinal vermelho não dá ao motorista o direito de utilizar o celular. “Ele ainda está inserido em uma situação de trânsito, o que exige atenção com o que se passa ao seu redor”, explicou.

De acordo com o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), se caracteriza como infração gravíssima dirigir utilizando apenas uma das mãos em casos onde o condutor está segurando ou manuseando um telefone celular. O flagrante acarreta perda de sete pontos na carteira e a aplicação de multa no valor de R$ 293,47.

As atividades referentes ao Dia Municipal da Paz no Trânsito acontecem diariamente até o dia 24. Outros temas abordados pela campanha serão o excesso de velocidade nas vias e o respeito ao pedestre no trânsito. A campanha acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semusb), BPTran, Corpo de Bombeiros, Compav, Comitê Vida no Trânsito, Detran, DER, DNit, DTTrans, DMTrans, Semob Cabedelo e PRF.

MaisPB

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Lia Morenno

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Pinto do Forró

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes