ARARUNA

Secretaria de Saúde de Araruna emite nota de esclarecimento sobre suposta falta de medicamentos na Farmácia Básica

Nesta sexta-feira (12), a Prefeitura de Araruna, através de Secretaria Municipal de Saúde, emitiu nota de esclarecimento acerca de uma polêmica gerada em redes sociais, que dizem respeito a suposta falta de medicamentos na farmácia municipal.

Através da nota, a SMS informa que não procede a informação de “inexistência de medicamentos” como citou a Srª Edinilza Pinheiro em sua rede social ‘Facebook’. A SMS declara que tem os documentos que comprovam a assistência ao filho da genitora, Edinilza Domingos Pinheiro, recebendo prescrição da medicação, bem como a dispensação da medicação prescritas que são de competência da esfera municipal. 
Veja abaixo os documentos.

Leia a nota na íntegra:
Para restabelecer a verdade e expor os fatos com fidedignidade, a Secretaria Municipal de Saúde, em virtude da propagação através de rede social, de notícias absolutamente desfundadas e inverídicas acerca de suposta falta de medicamentos na Farmácia Básica Municipal, vem a público, em respeito a verdade dos fatos e com o objetivo de restabelecer a verdade, prestar os seguintes esclarecimentos:

A SMS declara que é totalmente desarrazoada e falsa as declarações contidas em vídeo exposto nas redes sociais, na tarde de ontem (11.04.19). A SMS declara que tem os documentos que comprovam a assistência ao filho da genitora, Edinilza Domingos Pinheiro, recebendo prescrição da medicação, bem como a dispensação da medicação prescritas que são de competência da esfera municipal (carbamazepina 200mg e fenobarbital 100mg). Nestes documentos fica claro que a referida usuária recebeu em 14.03.19, a receita médica e logo em seguida a medicação foi ofertada pela farmácia básica do município. Vale salientar que as prescrições de medicação psicotrópica são feitas para o uso de 30 dias, não estando ainda ultrapassado o prazo para a renovação da receita médica.

Em função dessas informações, o farmacêutico da prefeitura Municipal de Araruna, Sr. Allysson Shigeak de Brito, declara que, dos 3 medicamentos citados pela Srª Edinilza, apenas o Neuleptil 4% não é fornecido pela Farmácia Básica do nosso Município, os outros dois, o Carbamazepina de 200mg e o Gardenal de 100mg são fornecidos e temos em nosso estoque.

O farmacêutico afirma ainda que a Srª Edinilza Domingos foi devidamente atendida pela Farmácia Básica do Município nos dias 08/02/2019 e no dia 14/03/2019. A Farmácia Básica de Araruna não nega a entrega de nenhuma medicação desde que sejam respeitados os protocolos para a sua dispensação.

Declaramos ainda que o município tem ciência da ausência do médico da Estratégia de Saúde da Família no PSF 04 (área responsável a assistir a declarante no vídeo) que solicitou seu desligamento do município no fim do mês de março do corrente ano. A gestão está buscando agilizar a contratação de um novo profissional médico para o programa e afirma que busca estratégias para não faltar a assistência a casos como este. A SMS só não aceita inverdades, devemos ter responsabilidade e usar sempre da verdade, para buscar reivindicar de forma justa os nossos direitos.

Queremos a paz e esta é uma construção da qual somos todos responsáveis. Trabalhamos com responsabilidade, competência e acima de tudo, honestidade.
No mais, nos colocamos à disposição de toda comunidade ararunense.

Maria Mônica Alves
Secretaria Executiva de Saúde


Com: Araruna Online 

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Lia Morenno

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Pinto do Forró

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes

Últimas Notícias