ARARUNA

Bolsonaro condiciona apoio ao NE à aprovação da nova Previdência

Em discurso que não durou mais de dez minutos, durante a sua primeira visita ao Nordeste na condição de presidente da República, nesta sexta-feira (24), no Recife, Jair Bolsonaro (PSL) pregou união na relação governo federal e governadores da região em torno da reforma da Previdência. Bolsonaro ressaltou que só com a aprovação da reforma será possível cumprir com o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que faz parte da agenda do presidente em Pernambuco na reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste.

“Faço um apelo aos senhores governadores: temos um desafio pela frente, que não é meu, também é dos senhores, governadores e prefeitos, independente da questão partidária é a reforma da Previdência, sem a qual não podemos sonhar em colocar em prática parte do que nós estamos acertando aqui neste momento. Faz justiça a reforma da Previdência: cobra menos de quem tem menos e cobra mais de quem tem mais. E com suas adequações que serão feitas, talvez, no parlamento, não gostaríamos, mas se for alterado, é mais do que um direito, é legítimo do parlamento fazer alterações, possamos então sonhar com uma economia que rode a máquina e através dela ter recursos para colocar o país no rumo do desenvolvimento”, disse Bolsonaro aos governadores.

“Se todos nós políticos nos unirmos, como disse Canuto [Gustavo, ministro do Desenvolvimento Regional], independente de agremiação política ou partidária para atingirmos o objetivo que é o futuro do nosso Brasil. O que nos queremos, e vocês também querem, é que os nossos filhos sejam melhores que seus respectivos pais, só assim teremos a certeza de vencer etapas para colocar o Brasil em local de destaque que ele merece”, acrescentou.

Jair Bolsonaro esteve acompanhado dos ministros do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; Osmar Terra (Cidadania), Marcos Pontos (Ciência e Tecnologia), Santos Cruz (Secretaria de Governo), Floriano Peixoto (Secretaria-Geral), general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Ainda nesta sexta-feira (24), o presidente visita a cidade de Petrolina, no interior pernambucano, onde levará o 13º salário do programa Bolsa Família.

“Cumprimento meu ministério que não mediu esforços para cumprir algo que havia prometido ano passado. Nós conseguimos criar o 13º salário para o Bolsa Família. São quase 2 milhões destinados ao Nordeste, é uma maneira de distribuição de renda justa e saudável. O projeto não é meu, vem lá de trás, mas incluímos a questão do 13º”, disse.

MaisPB

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Lia Morenno

Contato P/ Shows (83) 9.9911-3863 Pinto do Forró

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes

Últimas Notícias