ARARUNA

‘Armar população não resolve’, diz João sobre anulação de decreto

O governador João Azevêdo (PSB) aprovou a revogação da medida que facilita o porte e posse de armas por parte do Senado, na noite dessa terça-feira (18).

“Vejo com extrema felicidade”, disse o gestor na manhã desta quarta-feira (19) durante o recebimento de um documento elaborado de forma conjunta pela Frente Parlamentar da Água e Agricultura Familiar da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, contendo uma série de propostas de políticas públicas para o setor.

“Armar a população não vai resolver problema de segurança nenhuma. Arma tem que estar na mão de quem saber usar, que são as forças de segurança. Aqui na Paraíba apreendemos mais de dez armas por dia para que possamos manter essa quantidade em queda na violência. Enquanto no Brasil cresce, na Paraíba reduzimos”, afirmou João Azevêdo.

Assinado em maio pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, o decreto concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo pode comprar anualmente.

Portas abertas

O governador João Azevêdo ainda disse que está de portas abertas para receber a oposição. Para o chefe do Executivo estadual, um eventual não significaria acordo político.

“Recebo qualquer pessoa que tem interesse que este estado avance. Não se trata de fazer tipo de acordo político. Entretanto, se a oposição quiser ajudar a Paraíba, vote nas ações que são importantes para o projeto da Paraíba”.

MaisPB

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes