ARARUNA

Professores desenvolvem farinha de banana com antioxidantes na PB

Os professores Ana Paula Trindade Rocha e Matheus Augusto de Bittencourt Pasquali, da Unidade Acadêmica de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), desenvolveram uma farinha com a casca e a polpa da banana com propriedades antioxidantes. O produto pode ser usado na fabricação de biscoitos, pães e massas. Confira o artigo.

Os resultados do estudo foram publicados no prestigiado periódico Journal of Food Science and Technology. Ainda de acordo com a pesquisa, as misturas formuladas com casca de banana têm mais propriedades antioxidantes, mostrando-se uma boa opção ambiental para redução do lixo, uma vez que o consumo de banana também gera mais de 26 milhões de toneladas de resíduos de matéria seca por ano em todo o mundo, principalmente, devido ao descarte de suas cascas.
Investimentos

Para os pesquisadores, o estudo reforça a importância dos investimentos da indústria de alimentos no desenvolvimento de produtos inovadores, procurando alimentos com propriedades nutricionais que possam proporcionar benefícios à saúde, além de ser economicamente rentável, com ganhos tanto para a prática agrícola quanto para a indústria de alimentos.

Portal Correio

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes