ARARUNA

Hospital de campanha de CG deve começar a funcionar nesta sexta

O secretário municipal de Saúde de Campina Grande, Filipe Reul, anunciou, na manhã desta quinta-feira (21), em entrevista coletiva pela internet, que o Hospital de Campanha Virgílio Brasileiro deverá começar a receber pacientes com Covid-19 a partir desta sexta (22).

Segundo ele, a unidade está passando pelos últimos ajustes na estrutura de oxigênio para poder começar a receber pacientes. Ela terá 42 leitos, sendo 20 de UTI e 22 de enfermaria. O hospital de campanha foi construído no complexo do Hospital Municipal Pedro I.

Ainda de acordo com o secretário, devido ao número crescente de casos na cidade, que soma 326 pessoas com diagnóstico confirmado para Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde poderá contratar mais leitos para tratamento da doença na rede privada hospitalar da cidade. Ele informou que está agendada uma videoconferência, na tarde desta quinta, com os diretores dos hospitais para tratar do assunto. A reunião terá a participação de representantes dos Ministérios Públicos na Paraíba.

Filipe Reul também fez um balanço das ações realizadas na cidade no combate ao novo coronavírus e voltou a alertar a população da importância do cumprimento do isolamento e distanciamento sociais. Conforme o secretário, foi realizada uma reunião com gestores das 70 cidades que formam a 2ª macrorregião de saúde do estado, incluindo Campina Grande. Na conversa, foi ressaltada a necessidade das ações preventivas contra o coronavírus em todos os municípios da macrorregião, que têm Campina Grande como referência no tratamento da Covid-19. No total, esses municípios contabilizam 1,2 milhão de moradores.

Portal Correio

Nenhum comentário

Facebook Comments APPID

Publicidade: Vidraçaria Aluvidros

Redes