Foram iniciadas as obras de construção do sonhado Pórtico Turístico de Araruna. Para execução da obra, será necessário interditar um pequeno trecho da rodovia PB-111, e nesta sexta-feira as máquinas começaram a preparar o DESVIO para que a empresa SONY ALMEIDA, vencedora do certame licitatório, comece os serviços iniciais de fundação e o alicerce dos totens de concreto que irão garantir as estrutura do pórtico. O Portal será erguido na entrada da cidade, no sentido Tacima/Araruna, rodovia PB 111, antes da Vila Olímpica.

“Durante os serviços o tráfego de veículos será desviado para uma estrada ao lado, com todo o trecho sinalizado. A construção do Portal é essencial para deixar a entrada da cidade mais atrativa, elevando assim o potencial turístico do município”, destacou o prefeito Vital Costa.

O custo da obra está estimado em R$ 221.461,03 (duzentos e vinte e um mil e quatrocentos e sessenta e um reais e três centavos), oriundos do Ministério do Turismo e viabilizados pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro. Do montante, R$ 2.221 reais serão de contrapartida da Prefeitura.

A construção do Portal é essencial para deixar a entrada da cidade mais atrativa, elevando assim o potencial turístico do município. O Portal será erguido na entrada da cidade, no sentido Tacima/Araruna, rodovia PB 111, antes da Vila Olímpica.
Na gestão da ex-prefeita, Wilma Maranhão, o município perdeu recursos de R$ 195.000,00 do Ministério do Turismo que seriam utilizados para construção do Portal. Através de ofício, a Caixa Econômica Federal, comunicou a Câmara de Vereadores de Araruna, em 20 de fevereiro de 2015, a rescisão contratual do Contrato de Repasse CR nº 0371203-80/211 entre o Ministério do Turismo e Prefeitura Municipal de Araruna, cujo objeto era a construção do Portal de Entrada da cidade.

ASCOM PMA