Um cabo reformado da Polícia Militar foi morto a tiros dentro de casa no fim da tarde de sexta-feira (8) no município de Maxaranguape, no litoral Norte potiguar. Haroldo Cavalcanti Gomes foi atingido por pelo menos três disparos de arma de fogo.

Testemunhas contaram à PM que os criminosos chegaram em um carro e pararam o veículo em frente à casa do policial, que fica perto da entrada do município de Maxaranguape. Um deles desceu do veículo e atirou.

Haroldo tentou correr para escapar dos tiros, mas caiu na área da própria casa, onde foi atingido por pelo menos três disparos. Ele morreu na hora.

A família do policial estava abalada e não conseguiu dar mais detalhes da ação dos criminosos à polícia. Três viaturas da PM foram à Maxaranguape para atender a ocorrência e isolar o corpo para a perícia do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

Segundo a Polícia Militar, Haroldo era reformado por ter problemas de coração. Esse é o primeiro caso de policial assassinado em 2021 no Rio Grande do Norte.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

G1-RN