Escolas municipais voltam às aulas cumprindo limite de 50% de ocupação em Araruna

As escolas municipais de Araruna deram a largada para o ano letivo 2021 na manhã desta segunda-feira (01/03). São três mil alunos matriculados nas instituições educacionais. O ensino será híbrido, parte dos estudantes terão aulas de forma remota e outra parte presencial, caso optem por participar dos encontros na escola. A prefeitura distribuirá máscara para todos os alunos, como forma de ajudar a se prevenir contra o coronavírus.

Mesmo assim, atividades serão enviadas para os que decidirem permanecer em casa. Conforme o cronograma da secretaria municipal de ducação, nesta segunda-feira, retomaram presencialmente 50% dos alunos do ensino fundamental I e II, onde as turmas serão separadas entre A e B na escala de presenças. Nas escolas de Educação Infantil (etapa Creche), as atividades só devem acontecer no 15 de março.

Segundo o secretário de educação, Edvaldo dos Santos, tudo foi pensado e planejado para dar segurança aos profissionais e alunos. "Hoje (01) começam 50% dos alunos e estamos cumprindo as regras e protocolos estabelecidos pelas autoridades. Testamos todos os profissionais de educação do município e a prefeitura adquiriu os equipamentos de proteção individual para todas as unidades. Realizamos a capacitação dos servidores efetivos que estão trabalhando nas portarias, equipe de limpeza e merendeiras. Iremos avançar gradativamente" diz.

Segundo o prefeito Vital Costa, para garantir a segurança de estudantes e professores, o Governo Municipal, através das secretarias de educação e saúde prepararam em conjunto um protocolo de segurança. Para que todas as unidades possam ter as mesmas condições de combate ao coronavírus, elas receberão um kit de segurança. Nele, estarão os seguintes itens: Face shields, luvas descartáveis para as merendeiras, álcool 70, borrifadores, aventais para merendeiras, botas, máscaras, aferidor de temperatura.“É obrigatório a aferição de temperatura e o uso de máscara o tempo todo dentro da escola. A prefeitura também testou todos os profissionas de educação do município e os motoristas dos ônibus escolares”, disse Vital Costa.

Vital ainda destacou que segundo o plano de ensino híbrido, a SME seguirá as medidas da Secretaria de Saúde, com um acompanhamento constante dos epidemiológicos do município. “Esse planejamento vem de encontro aos anseios e necessidades de todos, inclusive dos alunos, que desejam voltar ao convívio escolar”, frisou o prefeito.








 ASCOM PMA

Postar um comentário

0 Comentários

Facebook Comments APPID