Concurso Miss Universo Paraíba 2021 em Araruna PB

Paraíba ganha primeira trilha de longa distância, em Araruna, neste sábado (10)




A Paraíba ganha mais um roteiro turístico a partir deste sábado (10), quando será lançada a primeira trilha de longa distância da Paraíba e uma das primeiras do Nordeste, no Mirante Vale da Serra, em Araruna (PB) – a 175 km de João Pessoa -, que estará comemorando neste dia aniversário de 145 anos de emancipação política. A trilha Caminhos das Ararunas, segundo Ricardo Henrique, presidente do Fórum de Turismo do Curimataú e Seridó paraibano, é um produto voltado para o público que procura por aventura na natureza e trekking em regiões serranas. A trilha terá 100 km de percurso – a 4km do Rio Grande do Norte -, porém, nesse primeiro momento, estarão disponíveis apenas 72 km, sempre entre Araruna e Cuité, na Paraíba.

A trilha faz parte é está cadastrada na Rede Brasileira de Trilhas de Longa Distância e está toda georreferenciada e sinalizada, sendo possível se guiar pelo aplicativo wikiloc, sinalização das pegadas das Botas pretas e amarelas ou com condutores locais, que receberam treinamento por meio de cursos. Os turistas e paraibanos ainda podem se hospedar em casas de camping, casas de moradores ou pousadas e hotéis da região. “É um trabalho que já vem sendo planejado há cinco anos”, revelou Henrique.


De acordo com ele, o roteiro é ideal nesse momento de pandemia da Covid-19, tendo em vista ser em área aberta, “com público alvo bem definido, que procura natureza, imersão e aventura sem aglomerações”.

Segundo o coordenador da trilha Caminhos das Ararunas, Ricardo Câmara, a trilha “conectará diversas áreas de preservação e estimulará o desenvolvimento das comunidades locais por meio do turismo”, trazendo inúmeros benefícios para o município, criando oportunidades de empregos e renda, assim como injeção de novos recursos financeiros por meios de impostos.

Durante o processo de implantação do roteiros, foram realizadas em duas etapas. A primeira, uma oficina que abordou a teoria da sinalização em corredores ecológicos, de modo que foram apresentados os modelos e cores das setas, técnicas de marcação e locais apropriados para a sinalização. A segunda etapa ocorreu no Cânion da Serra Verde, um dos principais cartões postais de Araruna. Os participantes observaram e puderam ter a experiência da marcação de setas informativas, além de receber orientações sobre boas práticas em atividades turísticas na natureza.


A Rede Brasileira de Trilhas de Longo Curso foi criada em 2018. A iniciativa conta, atualmente, com 3.500 quilômetros de trilhas cadastradas em 22 unidades federativas. A Rede foi implementada por meio de uma portaria conjunta do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério do Turismo.

As trilhas possuem uma marca, formada por elementos característicos de cada região, inscritos dentro de uma “pegada de bota”. O símbolo é usado nos corredores ecológicos para demarcar a direção correta da trilha. A sinalização com a bota amarela representa o percurso mais leve, enquanto a bota preta indica maior grau de dificuldade.


Por: turismoemfoco

Postar um comentário

0 Comentários

Facebook Comments APPID