Chacina em Marcação teve família como alvo e pode ter sido causada por tráfico


A chacina que deixou seis pessoas mortas e três feridas na madrugada desta segunda-feira (11) em uma aldeia indígena do município de Marcação, litoral norte paraibano, pode ter sido causada por tráfico de drogas.

Ao Portal MaisPB, o delegado da Polícia Civil, Sylvio Rabelo, atualizou o andamento das investigações. Ele não descartou a possibilidade de retaliação.

“Nossa principal linha de investigação é justamente uma desavença com outro grupo. Pelo que levantamos aquele pessoal consome drogas e existe uma possibilidade daquela casa ser um comércio de drogas. Talvez uma retaliação, uma vingança”, afirmou Sylvio Rabelo.

De acordo com o delegado, as vítimas da chacina foram: a mãe e proprietária da casa, junto com filha e filho, a cônjuge do filho e mais duas pessoas. No momento do crime, acontecia uma festa no local.

“Havia um movimento grande na casa, havia uma festa, uma bebedeira. Três ou quatro homens chegaram encapuzados e cometeram a chacina”, completou

Das três pessoas que ficaram feridas e foram encaminhadas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, uma recebeu alta. Outras duas seguem internadas e estão estáveis.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários

Facebook Comments APPID